AONDE ANDA A COHSAT (AGESEL)?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Desde que foi criada pelo Decreto 1060/2013, a COHSAT (Comissão de Higiene e Segurança dos Ambientes de Trabalho) antiga AGESEL, o que na iniciativa privada é conhecida como CIPA, não disse a que veio.

 

Há muito o Sindicato dos servidores da Guarda Municipal de Curitiba – SIGMUC vem cobrando da Administração uma adequação dos postos de trabalho no que se refere a insalubridade e a falta de ergonomia em alguns postos de trabalho, em casos mais graves, condições que expõe o servidor a elevado risco à acidentes em virtude da atividade policial da Guarda Municipal.

 

Contudo, os Diretores do Sindicato ao receberem as denúncias, procuram ir conferir localmente as informações contidas na denúncia, e a partir deste momento passa a realizar cobranças das chefias de cada um dos locais apontados, e caso não haja solução para o fato, o caso pode se tornar um “inquérito” cível trabalhista, como já protocolado pelo Sindicato no Ministério Público do Trabalho.

20160620_142628
Antiga sala de vídeo monitoramento do CIMEC – Centro Integrado de Segurança Eletrônica de Cuririba

 

Mas o que nos chama atenção, é que dentro da Administração existe um determinado grupo de servidores que, segundo o Decreto, deveriam dar atendimento a esta demanda, fiscalizando, acompanhando e orientando, não aparecem!!!

20160620_141530
Recepção do CIMEC

 

(click aqui para ver as atribuições da COHSAT, Decreto 1060/2013)

 

E que ainda recebem gratificações para realizar esta atividade:

 

Art. 16 §1.º A gratificação de que trata este artigo será de R$ 450,00 para os Membros Permanentes e de R$ 350,00 para os Membros Transitórios, assegurada a correção anual pelo índice aplicado ao reajuste geral dos vencimentos dos servidores municipais.

Extintor sem pressão e sem condições de uso.
Extintor sem pressão e sem condições de uso.

 

“Quando o Sindicato e Administração se reúne para tratar das questões relativas as condições de trabalho (higiene, ergonomia, insalubridade, saúde e risco da atividade), em nenhum momento os integrantes da COHSAT se fazem presentes, o que nos demonstra a incapacidade da Administração em fazer que seus programas funcionem de acordo com sua finalidade.” Aponta o Diretor Vice Presidente do SIGMUC GM Roberto José, que também é formado em Técnico em Segurança do Trabalho.

Antigo CIMEC, posto que foi repassado à FAS – Fundação de Ação Social,
Antigo CIMEC, posto que foi repassado à FAS – Fundação de Ação Social,

 

Recentemente foi encaminhado ao Sindicato a denúncia dos guardas municipais que atuam no antigo CIMEC, posto que foi repassado à FAS – Fundação de Ação Social, mas que ainda contém equipamentos pertencentes à Guarda Municipal, onde, segundo os guardas, o ambiente se encontra insalubre por conta da realização de obras.

 

No local ainda se encontra as placas de inauguração.
No local ainda se encontra as placas de inauguração do antigo Cimec.

 

Os Diretores do SIGMUC realizaram contatos com os encarregados responsáveis pelos guardas municipais daquele posto de serviço e obteve a informação de que a obra será concluída e o posto entregue até no máximo dia 30/06/2016, encerrando a questão.

 

Clique aqui e faça sua denuncie irregularidades em seu posto de trabalho sua identidade sera preservada!

 

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias