ASSEMBLEIA GERAL CONJUNTA SERÁ NO DIA 24/04 (SEGUNDA-FEIRA)

LUTA CONTRA O PACOTE DE MALDADES DE GRECA SE INTENSIFICA

 Na próxima segunda-feira (24), os servidores municipais de Curitiba se reúnem em assembleia para definir a adesão à greve nacional do dia 28 de abril contra as reformas da Previdência, Trabalhista e Terceirização e avaliar o início de uma greve geral do conjunto do funcionalismo contra o pacote de maldades de Greca que retira direitos.

A assembleia unificada acontecerá no Paraná Clube – Espaço Torres, localizado na Av. Pres. Kennedy, 237, às 19h em primeira chamada e 19h30 em segunda chamada.

O pacote de maldades ataca os direitos dos servidores de forma brutal, direitos como: planos de carreira, progressões funcionais, licença-prêmio, 13º salário, previdência e reajuste da data-base, correm perigo.

A nível nacional, os guardas municipais e os demais servidores sofrem com a ameaça de retirada de direitos historicamente conquistados com a lei da terceirização irrestrita e com as reformas da Previdência e Trabalhista.

Só a luta unificada entre todas as categorias do serviço público municipal pode barrar os ataques!

 LUTA UNIFICADA

No último dia 05, a assembleia geral dos guardas municipais aprovou a participação na luta unificada entre as categorias do funcionalismo público e a realização de Assembleia geral conjunta.

Após vários debates a categoria entendeu e decidiu que a construção de uma mobilização unificada é a única forma de barrar o pacote de ajuste fiscal imposto pelo prefeito Rafael Greca.

JUNTOS SOMOS FORTES, E UNIDOS VAMOS À LUTA!