AUDIÊNCIA PÚBLICA DAS FINANÇAS NÃO TRAZ BOAS NOTÍCIAS.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 27/02, na Câmara Municipal de Vereadores de Curitiba, a audiência pública referente a prestação de contas do município, do último quadrimestre de 2017.

Falando pela administração, o Secretário de Finanças Vitor Puppi apresentou um compilado dos números da arrecadação e das despesas apurados no ano passado.

Infelizmente o presidente da CMC, integrante da tropa de choque do prefeito Greca, vereador Serginho do Posto (PSDB) não autorizou os diretores do SIGMUC fazerem uso da palavra na sessão para questionar o secretário.

Sem sofrer questionamentos de quem conhece a realidade dos servidores, o Secretário de Finanças repetiu o surrado discurso da atual gestão, de que não há receita para pagamentos aos servidores, mesmo com os aumentos de impostos praticados pela administração Greca.

Em um discurso contraditório, o Secretário de Finanças afirmou que houve uma liquidez ao fim do ano de 2017 de pouco mais de R$350 milhões, e que o impacto do pagamento da correção inflacionária (no valor anunciado de 1,5%) seria de R$100 milhões.

Em uma manobra orquestrada, vários vereadores da base de apoio ao prefeito pediram a palavra para fazer discursos autopromocionais e de apoio ao pacotaço, o que consumiu todo o tempo da audiência.

A diretoria do SIGMUC lamenta atitude antidemocrática do presidente da CMC, vereador Serginho do Posto, de não conceder a palavra aos diretores da legitima representação dos servidores guardas municipais de Curitiba.

Assista a gravação da audiência pública clicando aqui.

Juntos somos fortes!

 

 

 

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias