GRECA PROTOCOLA REFORMA DA PREVIDÊNCIA COM REGRAS DO GOVERNO FEDERAL

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Rafael Greca, apresenta proposta que altera lei orgânica do Município para consolidar em Curitiba a Reforma da Previdência do governo federal.

A proposta prevê aumento da idade, tempo de contribuição e ataque aos proventos dos aposentados.

O confisco a aposentadoria daqueles que contribuíram sua vida funcional inteira está previsto na proposta. Atualmente, apenas os aposentados que recebem acima do teto previdenciário de R$ 6.437,57 sofrem o desconto de 14% para o Instituto de Previdência, ou seja, apenas aquilo que excede ao teto sofre a taxação.

Com as alterações apresentadas, fica estabelecido que o valor do salário mínimo será fixado como marco para a taxação. Todos os aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 1.100 sofrerão o desconto em cima do valor que excede o salário mínimo. A alíquota pode chegar em 14%, mas estes detalhes serão apresentados em lei complementar.

Aumento da idade mínima para o funcionalismo

As regras são as mesmas aprovadas pela Reforma da Previdência do Governo Bolsonaro e Paulo Guedes em 2019.

Greca traz para Curitiba as alterações feitas a nível federal, assim, a idade dos homens aumenta de 60 para 65 anos e para as mulheres altera de 55 para 62 anos.

Os detalhes referentes as regras de cálculo e tempo de contribuição serão previstos em projetos de lei complementares que serão encaminhados posteriormente.

REGULAMENTAÇÃO DA APOSENTADORIA POR PERICULOSIDADE

O pedido apresentado pela categoria para que seja regulamentado a aposentadoria por condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física no âmbito do Município, encontra-se parado na Assessoria jurídica do IPMC.

Acompanhe a proposição nº 001.00002.2021 na íntegra.

Proposicao_001.00002.2021

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias