NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria do SIGMUC – Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal de Curitiba vem a público, formalizar veemente repúdio à iniciativa da Diretoria da Guarda Municipal de Curitiba, formalizada pelo Ofício 2333/2013 e encaminhada aos Coordenadores e Chefes de Núcleos regionais, que ao invés de instrumentalizar a corporação, fortalecer,  treinar, requalificar , toma iniciativas que desmotiva, segrega e cria instabilidade aos profissionais.

 

Diretor da Guarda Inspetor Frederico - imagem da internet

Diretor da Guarda Inspetor Frederico – imagem da internet

 

A Diretoria da Guarda Municipal, ao realizar interpretações no sentido literal de uma norma jurídica, faz com que esta, ganhe contornos surpreendentes de acordo com seu método interpretativo, esquecendo que servimos ao publico, e não aos interesses dos que estão de plantão.

 

O SIGMUC, diante dos acontecimentos tomará AS MEDIDAS JUDICIAIS CABÍVEIS, INCLUSIVE DE RESPONSABILIDADE CIVIL do Estado.

 

De inicio dará conhecimento público de desvairada iniciativa.

 

Clique e leia o oficio da Direção da Guarda!!  Ofício nº 2333_2013 – DSGM(1)

 

Vamos juntos companheiros!Unidos somos fortes!

 

DIRETORIA SIGMUC

Comentários

  1. Ronaldo Oliveira
    Ronaldo Oliveira 28 novembro, 2013, 15:12

    Isso é regredir, como pode uma coisa dessas?

    Responder esse comentário
  2. Delegado
    Delegado 28 novembro, 2013, 15:38

    Prezados Guardas Municipais
    “NO FUTEBOL”
    No futebol muitas vezes um time, apoiados por sua torcida contrata um técnico, apostando que aquela pessoa irá desempenhar um excelente papel no comando do seu time, irá levantar sua moral, escalará para posições importantes dentro de campo seus melhores atletas, profissionais gabaritados, comprometidos, inteligentes, líderes dentro e fora de campo, ou seja, uma equipe VENCEDORA.
    Porém, “NO FUTEBOL” quando o técnico não dá certo, não consegue acertar a casa, não escala seus jogadores de forma correta, montando uma equipe estruturada, organizada, profissional, uma equipe unida, que trabalha em conjunto, que conversa dentro e fora de campo, infelizmente, os dirigentes do clube de futebol são pressionados pela torcida e pelos próprios jogadores a trocarem de técnico, o qual muitas vezes é autoritário com seus atletas ao invés de ser uma autoridade, um líder.
    São coisas do futebol, são coisas da profissão. Um técnico que não deu certo vai e outro técnico vem… A esperança da equipe de jogadores e da torcida com a vinda de um novo técnico no comando de seu time, volta a bater nos corações daqueles apaixonados pelo time, vislumbrando um novo tempo de vitórias, de conquistas.
    O técnico que saiu??? Presume-se que tenha dado o seu melhor, mas o seu melhor não foi suficiente para transformar os sonhos daquele maravilhoso time.

    Responder esse comentário
  3. Esperança
    Esperança 28 novembro, 2013, 15:51

    Concordo em gênero, número e grau, com nosso colega Delegado! Já deu o que tinha que dar…Substituí e bola pra frente. É de erros e acertos que a vida é feita. Infelizmente na GMC mais erros que acertos, porém os guardas não podem sofrer as consequências dos devaneios de seus superiores.

    Responder esse comentário
  4. Gloria Regina
    Gloria Regina 28 novembro, 2013, 17:02

    É um absurdo! Então a pessoa interpreta a lei conforme ela quer, para seu beneficio? Temos que ter cuidado para não ter um nove Hitler em nosso meio!!

    Responder esse comentário
  5. Ricardo
    Ricardo 28 novembro, 2013, 17:22

    Será que o Sr. Frederico entregará o armamento e também abrirá mão da periculosidade?

    Responder esse comentário
  6. Gloria Regina
    Gloria Regina 28 novembro, 2013, 17:28

    Então interpreta a lei para favorece-lo?

    É pra caba mesmo!
    Tanta luta pra da nisso agora!
    Temos que tomar cuidado para não termos um nove Hitler em nosso meio!!

    Responder esse comentário
  7. JJR
    JJR 28 novembro, 2013, 19:23

    Palhaçada estão malucos? Quem trabalha no administrativo então é menos gm do que aqueles que trabalham em viaturas ou em postos mais operacionais? O que falta agora e eles usarem essa medida pra mais tarde cortar o risco de vida desse pessoal. E ainda falam em contratar mais gente, pra que? Não temos nem estrutura para os que já estão aqui. Chegou a hora de nos mobilizar e tirar o comando do comando. Recado para a chefia medíocre que aí está: BANDO DE TANGAS FROUXAS!!!!!!!

    Responder esse comentário
  8. Gloria Regina
    Gloria Regina 28 novembro, 2013, 20:27

    Bem isso!!!

    Interpreta as leis a seu favor, agindo assim só prova o quanto é intransigente.

    Devemos tomar cuidado talvez tenhamos um novo Hitler em nosso meio.

    Responder esse comentário
  9. zeilto dalla villa
    zeilto dalla villa 29 novembro, 2013, 07:53

    Estamos em área de risco, pisando em ovos. Cada dia uma surpresa. Fiquei sabendo que para os gms que vieram do quadro especial e estão a mais de 20 anos na instituição, como eu, não teremos direito a receber a medalhinha de 20 anos. Não que seja tão significante assim, mas é a valorização que importa, afinal, o gm quadro especial também fez parte da história da guarda e trabalhou nos mesmos postos dos guardas, com os mesmos riscos. Entendo que alguém está errando e pensando somente em seu umbigo.

    Responder esse comentário
  10. jamir dos anjos jeremias
    jamir dos anjos jeremias 29 novembro, 2013, 08:03

    Construir… e sem pira!

    Responder esse comentário
  11. J.A.S
    J.A.S 29 novembro, 2013, 08:21

    Ele vai inverter tudo de novo e dizer que não foi bem assim que ele quis dizer, que foi mal interpretado bla,bla,bla…..

    Vem sempre com um papo mole e fala mansa! Tá querendo enganar quem????????????

    Antes era assim: Eu consigo, porque eu sei o que fazer e como fazer.

    Agora tá querendo oque??????

    Acabar com a carreira da Guarda Municipal de Curitiba?

    Cade o sangue azul, companheiro????????????

    Só está mostrando seu verdadeiro caráter!!!

    FORA, já deu o que tinha que dar, ou seja NADA!!

    Responder esse comentário
  12. Teac
    Teac 29 novembro, 2013, 08:23

    veio coisa boa mesmo… agora para quem… um dia vamos saber…

    Responder esse comentário
  13. J.A.S
    J.A.S 29 novembro, 2013, 09:35

    Foi assim mesmo, ele não era o sabe tudo!!!

    Cada dia pior, realmente acho que não está bem de suas faculdades mentais.

    Quem ele pensa que é Deus?????????

    Não se brinca de ser Deus e não existe essa de inventar uma lei para me auto favorecer ou querer destruir quem não vou com a cara.

    Essa atitude só prova que não tem capacidade para estar no cargo de Diretor da Guarda Municipal.

    E tenho dito!!!!!

    Responder esse comentário
  14. Cynthia
    Cynthia 29 novembro, 2013, 11:38

    Alguém me responda apenas se essa Diretoria é composta por “Coronéis”, por que se for, calar-me ei!

    Responder esse comentário
  15. Gm Stive
    Gm Stive 29 novembro, 2013, 13:06

    Calma que TÁ VINDO COISA BOA, COISA GRANDE.

    Responder esse comentário
  16. Carlos A. Cordeiro
    Carlos A. Cordeiro 29 novembro, 2013, 14:43

    Faz sentido companheiros, não tem cabimento quem não esta trabalhando na operacionalidade da guarda, como por ex: em viatura, na rua ou em posto que há necessidade do uso da arma, estar fazendo o uso da mesma. Vamos parar de fazer criticas destrutivas, e vamos trabalhar em prol ao crescimento da Guarda.
    Tem muita gente dando palpite, sem conhecimento de causa, tenho um profundo respeito por todos que passaram pela Direção da Guarda e pelos os companheiros da Guarda que estiveram frente ao sindicato nos representando,vamos dar credibilidade ao nosso Diretor para que possa trabalhar. O momento é do Inspetor Frederico, vamos para de picuinhas e deixem o diretor trabalhar.

    Responder esse comentário
  17. Pedro A. Cordeiro
    Pedro A. Cordeiro 29 novembro, 2013, 15:05

    Companheiros(a)antes de criticar vamos ater ao o que esta escrito, concordo com o Diretor, quem não esta fazendo uso da arma seja por afastamento ou tratamento de saúde ou outros, realmente tem que descautelar a arma para que possamos cautelar para um outro companheiro que precisa.
    O momento é de agregar valores e não fazer criticas destrutiva, hoje o Diretor da Guarda é o Inspetor Frederico e devemos respeita-lo.

    Responder esse comentário
  18. Patricia N
    Patricia N 29 novembro, 2013, 22:03

    quem trabalha na “Defesa Civil” e não quer usar uniforme, tem vergonha de dizer que é Guarda Municipal, Quer ser diferente dos Guardas municipais que sempre estão na linha de frente, tem mais é que entregar o armamento e abrir mão da gratificação de segurança, já passou da Hora de acabar com esta panela de Guardas que estão na defesa civil, e colocar eles nas viaturas, para exercer o oficio ao qual prestou concurso, tudo que fica muito tempo em um só lugar, começa a estragar.

    Responder esse comentário
  19. ADEJAIR DOS SANTOS
    ADEJAIR DOS SANTOS 29 novembro, 2013, 22:33

    CAROS COLEGAS, O REFERIDO DECRETO VEM TRATAR DE ASSUNTOS AOS INTERESSES DE TODOS. AS ARMAS DA CORPORAÇÃO NÃO É DE NENHUM GUARDA. ELAS ESTÃO CAUTELADAS PARA SEREM UTILIZADAS EM SERVIÇO OSTENSIVO E OPERACIONAL INERENTE A NOSSA FUNÇÃO. E CONVENHAMOS QUE GUARDAS EM SERVIÇO ADMINISTRATIVO NÃO COMBINA ARMA E GRATIFICAÇÃO DE RISCO. APOIO A DETERMINAÇÃO DO DIRETOR DA GUARDA E ESPERO QUE VÁ MAIS LONGE AO SOLICITAR PARA A SMAD QUE CONVOQUE SERVIDORES ADMINISTRATIVOS NOS DEVIDOS LUGARES DESTES GUARDAS ESCALADOS NAS REPARTIÇÕES INTERNAS DOS NÚCLEOS REGIONAIS REALIZANDO SERVIÇOS COMO ESCALAS, DIGITAÇÃO, XEROX, FOLHA PONTO, ARQUIVO, ETC… NEM DEVERIAM ESTAREM ESCALADOS PARA HORA EXTRA POIS TRABALHAM DE SEGUNDA A SEXTA… DAS 8:00 ÀS 18:00 HORAS E PASMEM GUARDAS AFASTADOS POR MOTIVOS DE SAÚDE E PROCESSOS PENALIZADOS TAMBÉM DEVEM SER RETIRADOS AS ARMAS, A GRATIFICAÇÃO DE RISCO E O UNIFORME. É MAIS QUE JUSTO, É UMA REVOLUÇÃO E AINDA TEM OS APOIOS DE VIATURAS QUE DEVERIAM DAR O LUGAR PARA SUPERVISORES E ASSIM HAVEREM MAIS CONCURSOS INTERNOS. ESTÃO É CUMPRINDO TAREFAS CORRELATAS AO SUPERIOR E GANHANDO COMO GUARDA. ISTO SIM É IMBECILIDADE E CÔMODO AOS INTERESSES EM CURSOS E ESCALAS… ANTES DE CRITICAREM LEIAM E REFLITAM A NECESSIDADE DE MUDANÇAS… QUEM É CONTRA É POR QUE DE ALGUM MODO TIRA PROVEITO DAS LEVIANDADES DOS CARGOS AQUI DISCUTIDOS (ADMINISTRATIVO, APOIO, CALÇA CURTA).

    Responder esse comentário
  20. Bonito hem
    Bonito hem 29 novembro, 2013, 23:20

    Não é fazer criticas, mas onde esta o direito de manifestação colega? Ele esta a doze meses no comando e ainda tem conhecimento juridico e comete um desatino deste tamanho. Como diria meus avós, pois meus pais são jovens, queres conhecer uma pessoa de a ela poder. Ai está aquele jovem que reclamava quando passava em meu posto dizendo barbaridades dos antigos chefes e agora mostrou o seu lado HITLER de comandar. Mudança geral e já Sr Prefeito.

    Responder esse comentário
  21. atrasando a vida dos guardas
    atrasando a vida dos guardas 30 novembro, 2013, 07:34

    Quem não está deixando alguém trabalhar é o Diretor da Guarda.

    Agora ele vem querendo tirar as armas e ainda está certo????????????

    Se fosse outro diretor no lugar dele, ele era o primeiro a vir encher nossas cabeças com babelas.

    Não aguento mais tanta hipocrisia para uma só pessoa.

    Ainda vai pedir para seus “amigos” escreverem o que ele quer dizer mais não dá para se auto defender não é mesmo caro Diretor.

    Faz a sua parte que está deixando a desejar, que a nossa nós sabemos o que fazer

    Chega de “pira” SANGUE AZUL!

    Responder esse comentário
  22. stive
    stive 30 novembro, 2013, 11:52

    Agora mais essa!!!!!!

    hahahahahah

    Tá querendo ser secretario!

    Pelo amor de Deus, cada vez pior!

    O cara já mostrou sua incompetência como Diretor e como advogado também convenhamos, e quer ser secretario pra que massagear seu ego. pisar nos outros, inventar leis a seu favor.

    Se os guardas estivessem satisfeitos com o SR. não haveria tanta rejeição na enquete levantada pela página do sindicato.

    Cuidado que tua casa ta caindo e pelas suas próprias mãos, COMPANHEIRO SEMPRE AZUL.

    Responder esse comentário
  23. Inspetor Frederico
    Inspetor Frederico 30 novembro, 2013, 21:34

    Mui digno Presidente do SIGMUC

    Considerando o contido no Ofício 35171/2013- SINARM/SR/DPF/PR, referente a mudança de data de validade de Porte funcional;

    Considerando a identificação de alguns servidores que estão com problemas no porte e serão tratados de forma pontual;

    Ainda, tendo em vista as possíveis e diversas interpretações acerca do Ofício nº 2333/2013 DSGM com o assunto: Armamento da Guarda Municipal, objetivando não causar prejuízo ao nosso servidor, bem como a prestação de serviço a comunidade, fica sem efeito o contido no referido ofício.

    Por fim, considerando as ponderações apresentadas pela presidência do SIGMUC, fica mantida a cautela de arma individual em razão do exercício da função.

    Att

    Inspetor Frederico
    Diretor da Guarda Municipal de Curitiba

    Ps. Meu nobre amigo e Supervisor Zeilton

    Medalhas por tempo de serviço, são méritos e que merece irá sim receber.
    Deste modo esclarecemos que o Prefeito Gustavo Fruet, esta sim valorizando e respeitando os servidores municipais, assim, a Guarda Municipal esta dentro desta valorização, quer seja na nomeação de uma comandante de carreira a frente da GMC, quer seja, na construção do Plano de Cargos e Carreira, em parceria com o órgão representante de classe e com a avaliação do seu quadro funcional.
    Diante do acima exposto, esclareço que TODOS os servidores, sem exceção estarão recebendo suas medalhas referente ao efetivo tempo de serviço, sem discriminação e/ou preconceito.
    Estamos apenas buscando adquirir a soma necessária de medalhas para fazer a justa homenagem aos servidores.

    Responder esse comentário
  24. anildo dobrovolski
    anildo dobrovolski 1 dezembro, 2013, 11:01

    Concordo com o diretor sim, otimização de recursos bélicos nada mais é do que tirar as armas daqueles que não estão exercendo a função de guardas e entregá-las a quem precisa como os gms que estão em treinamento do quadro especial, qual é o motivo dos gms que usam laranjinha na defesa civil estarem com armas,ou os que estão em serviços que não são tipicos das atividades da gm,acredito que isso é responsabilidade administrativa, ou seja até a pmc adquirir mais esquipamentos temos que fazer isso mesmo a palavra é otimização

    Responder esse comentário
  25. Gm
    Gm 1 dezembro, 2013, 11:55

    Ja tava na hora de mexer com os peixes

    Responder esse comentário
  26. Cristiano
    Cristiano 1 dezembro, 2013, 14:07

    Pois eh estamos evoluindo..Além de trabalharmos armados para a defesa nossa e de terceiros,fazendo jus ao trabalho quer seja ou não,de policiamento, independente se trabalha em posto fechado,aberto,etc..O guarda não se desloca para trabalhar e voltar? Como ele ira defender a Ele e aos Seus? Eh soh parar pensar e analisar, ou usamos essas Leis a Nosso favor ou estará a cada dia mais difícil de estar nessa Gm. OU será que o Malaco quando te visitar em casa ou no trabalho vai te perguntar se tem arma ou não?? O malaco tem Fuzil e o guarda vai ter o DEDO para Assoprar e dizer FU.

    Responder esse comentário
  27. Supervisor Aparecido
    Supervisor Aparecido 2 dezembro, 2013, 23:40

    Todo esse furdúncio, aconteceu devido à grande briga interna na secretaria e que está longe de nossas vistas, o fato é, que o departamento de Defesa Civil está se auto-administrando, como não precisando mais utilizar o uniforme da GM. Sabemos que a Defesa Civil somos todos nós, que estamos nas ruas e não eles. Estou até hoje, mais de dois anos, esperando dois integrantes da DC, um engenheiro e um GM da DC, que segundo ele estaria procurando uma lanterna para ir ao meu apoio. Essa atitude do Inspetor acabou respingando nos que mais sofrem, mas se for para acabar com essa palhaçada de pessoas que não querem ser Guarda, eu sou voluntário em entregar a minha arma!
    Àqueles que querem ir trabalhar no GGI e levar junto a Defesa Civil renegando a GM, que vá, mas também que percam o direito à aposentadoria especial, risco, etc… aquele colete cor de abóbora quando me derem para fazer propaganda, quero atear fogo!

    Responder esse comentário
  28. Roberto Kuss
    Roberto Kuss 3 dezembro, 2013, 06:55

    Conforme dito pelo Inspetor Frederico, Diretor da Guarda, em reunião com o Sigmuc – Sindicato da Guarda Municipal de Curitiba, o ofício fica sem efeito. Desta forma, entendemos acertada a atitude do comando ao rever uma norma e seus efeitos. Contudo, muito além de redirecionar o armamento, se faz necessário adquirir o armamento a 100% do efetivo.
    Saliento que, é papel do sindicato estar atento a toda e qualquer norma que venha ser editada que influencie na atividade da carreira e buscar o diálogo quando necessário for, como no caso em questão.

    Responder esse comentário
  29. mauri da silveira
    mauri da silveira 3 dezembro, 2013, 14:05

    Tirem nosso uniforme também,se não tem dinheiro para comprar armas,nos deem arcos e flechas!

    Responder esse comentário
  30. Valdecir
    Valdecir 4 dezembro, 2013, 14:32

    Eu so nao entendo o que aconteceu com as armas que estao faltando agora. Roubaram tanto assim

    Responder esse comentário
  31. Gm Stive
    Gm Stive 7 dezembro, 2013, 10:56

    É claro que o Diretor deu a ré, cês acham que ele quer perder r$ 10.765,76 limpinho???

    Responder esse comentário
  32. Delegado
    Delegado 9 dezembro, 2013, 12:30

    Antes do salário, o que mais os interessa é o poder, é a foto na parede.
    A guarda é ignorante, pra não dizer “BIZONHA”, quando defende que a DIREÇÃO DA GMC deve ser de um da sua carreira (diga-se INSPETOR, pois está amarrado somente para eles o tal cargo).
    PERGUNTO: se há mais de 10 anos eles estão na DIREÇÃO DA GMC e não conseguiram transformar a guarda, jamais ela irá melhorar com os inspetores (despreparados para tal cargo) à frente do comando, pois, sempre, sempre, sempre foram submissos aos secretários, e ainda pior, hoje há insubordinação por parte do diretor da GMC para com o superintendente (desrespeito total passível de punição).
    A DIREÇÃO DA GMC deve ser prerrogativa do Secretário.

    Responder esse comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*