NOVOS MÓDULOS DA GUARDA MUNICIPAL, CADÊ?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Nos últimos dias, podemos perceber espalhados pela cidade, cartazes da campanha da Prefeitura Municipal de Curitiba, informando, “NOVOS MÓDULOS DA GUARDA MUNICIPAL”, induzindo as pessoas que leem a pensar na ideia de aquisição de novos módulos para Guarda Municipal, o que nós guardas, sabemos não ser verdade.

 

Foto retirada em ponto de ônibus com a propaganda dos novos módulos da guarda.
Foto retirada em ponto de ônibus com a propaganda dos novos módulos da guarda.

 

Estranho que não houve durante os últimos meses, compra de nenhum novo veículo, utilizado para Módulo Móvel, nem muito menos, construção ou locação de novos imóveis para utilização da Guarda Municipal como módulo fixo.

 

O que existe então?

 

O que existe são dois módulos móveis (módulos 07 e 08) velhos conhecidos da guarda e do cidadão de nossa cidade, sendo ainda que um deles era usado como módulo móvel de monitoramento com câmeras de segurança para cobrir eventos com grande volume de pessoas. Veja abaixo reportagem do mesmo modulo móvel já em 2010.

 

 

É companheiros como dizia Antoine Lavoisier “… nada se cria tudo se transforma”, neste caso só mudou o nome.

 

Estes veículos foram comprados anos atrás com recursos provenientes da União e que foram adaptados para utilização da Guarda Municipal, mas que atualmente recebeu apenas um novo nome, pois agora são conhecidos como MMI (Módulos Moveis Itinerantes) que fica de tempos em tempos em vários pontos da cidade, o que já era feito antes.

 

propaganda em jornal de grande circulação
propaganda vinculada em jornal de grande circulação

 

Os VELHOS conhecidos “Módulos Móveis da Guarda Municipal” somente receberam uma grossa camada de “maquiagem”, da atual Administração municipal.

 

Até o presente momento:

 

  • Nenhum novo veículo foi adquirido pela Prefeitura municipal para utilização da Guarda Municipal,

  • Nenhum módulo fixo foi construído para Guarda Municipal de Curitiba,

  • Nenhum novo armamento foi comprado para a Guarda Municipal de Curitiba.

 

E por falar em armamento, a maquiagem continua, agora nas poucas pistolas utilizadas pela GM.

 

Através da Determinação da Direção da Guarda Municipal, as chefias dos Núcleos Regionais da Defesa Social, estão solicitando que os Guardas que  possuem pistolas cauteladas,  compradas para a corporação deverão  entregá-las  devido ao  Evento da Copa do Mundo.

 

Segundo a Direção, será necessário fazer uma adequação dos equipamentos, onde as pistolas 380 serão repassadas as equipes do GOE, GTM e VELADA, desta forma, o guarda entrega a pistola e cautela novamente o  “canela seca” revolver. Atitude que para o censo comum é conhecida como ação “para Inglês ver”. Pois os visitantes que virão para a COPA irão perceber que na Guarda Municipal de Curitiba, tudo esta “mil maravilhas”, não é mesmo?

 

Reconhecemos que é justo as equipes do GOE e GTM portarem as pistolas, mas a verdade é que deveria haver planejamento no investimento para melhorar o armamento de toda a corporação e não ficar tampando o sol com a peneira. TODOS OS GUARDAS DEVEM TER ACESSO A EQUIPAMENTOS DE TRABALHO QUE SEJAM COMPATÍVEIS COM O AVANÇO DAS TECNOLOGIAS.

 

Novamente nos perguntamos companheiros, onde estão os investimentos prometidos na Guarda Municipal, as aquisições, os recursos necessários para que TODOS OS GUARDAS MUNICIPAIS possam ter em suas mãos instrumentos de trabalho que lhes ofertem maior eficiência e poder de fogo, para melhor atender o cidadão.

 

 

 

Companheiros! “maquiagem” só tenta disfarçar aquilo que é indisfarçável.

 

Tenta-se equipar a GMC com as demais forças de segurança Pública que estarão trabalhando no evento DA FIFA, ISSO SÓ NA VÉSPERA DA COPA? Não se esqueçam que estamos em ano de eleições, ano político!

 

 

Aliás, não vamos esquecer que já poderíamos estar portando melhores equipamentos, através de recursos da união, se parte dos equipamentos destinados para a guarda municipal de Curitiba, do programa “Crack é Possível Vencer”, não tivesse sido repassado para Policia Militar, no ano passado. Quer lembrar clique AQUI e AQUI.

 

COMPANHEIROS! Isso só comprova a imobilidade da Administração na realização de investimentos na Guarda Municipal, ao ponto desesperado de tentar disfarçar a falta de investimentos na Corporação.

 

Promessas e mais promessas e investimento que é o bom, até agora nada.

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias