PODER JUDICIÁRIO É CONTRA A RETIRADA DOS 700 MILHÕES DO IPMC.

PODER JUDICIÁRIO É CONTRA A RETIRADA DOS 700 MILHÕES DO IPMC.

E AGORA, Srs. VEREADORES?

O PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ, NA FIGURA DA JUÍZA DA 5ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA, DRª PATRÍCIA ALMEIDA GOMES BERGONSE, CONCEDEU LIMINAR EM AÇÃO AJUIZADA PELO SIGMUC – SINDICATO DOS SERVIDORES DA GUARDA MUNICIPAL DE CURITIBA, PROIBINDO A RETIRADA DOS 700 MILHÕES DO IPMC ATÉ A ANÁLISE DO MÉRITO DO PROCESSO.

A decisão liminar do judiciário reforça a luta dos servidores contra a aprovação do “pacote de maldades” do prefeito Rafael Greca, que pretende retirar direitos dos servidores e “meter a mão” em 700 milhões do fundo de previdência, colocando em risco a aposentadoria de todos os servidores municipais.

“Agora, além da Subsecretaria de Regimes Próprios do Ministério da Fazenda, da Procuradoria Jurídica da Câmara de Vereadores, do Tribunal de Contas do Estado, o próprio Poder Judiciário do Estado do Paraná também é contra a retirada dos 700 milhões do IPMC. Como os vereadores podem aprovar este projeto? Temos que ter coerência.” Declarou o presidente do SIGMUC, ao ser informado da decisão.

TODOS JUNTOS, NA CÂMARA DE VEREADORES, CONTRA O “PACOTE DE MALDADES DO PREFEITO RAFAEL GRECA”, AMANHÃ, TERÇA-FEIRA (20/06) A PARTIR DAS 06h00min.
sigmuc_ipmc

SIGMUC, Juntos somos fortes!!!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*