Privada é arremessada em ataque à Prefeitura de Curitiba durante protesto contra a Copa do Mundo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Literalmente, terminou em “cagada” a manifestação dos Black Blocs contra a realização da Copa em Curitiba. Manifestantes arremessaram um vaso sanitário contra a vidraça da Prefeitura, no Centro Cívico.

Prefeitura de Curitiba foi atacada na noite deste sábado (3) durante protesto contra a Copa com um vaso sanitário, que foi atirado na vidraça do prédio; cerca de 50 pessoas percorreram as ruas centrais da capital paranaense contra o campeonato da Fifa; literalmente, a “cagada” dos Black Blocs terminou com duas detenções e disparos da Guarda Municipal com munição de borracha; “coincidentemente”, ontem, o torcedor Paulo Ricardo Gomes morreu ao ser atingido por uma privada durante jogo Santa Cruz e Paraná Clube; novamente, os manifestantes declinaram da visita à Arena da Baixada.
Prefeitura de Curitiba foi atacada na noite deste sábado (3) durante protesto contra a Copa com um vaso sanitário, que foi atirado na vidraça do prédio; cerca de 50 pessoas percorreram as ruas centrais da capital paranaense contra o campeonato da Fifa; literalmente, a “cagada” dos Black Blocs terminou com duas detenções e disparos da Guarda Municipal com munição de borracha; “coincidentemente”, ontem, o torcedor Paulo Ricardo Gomes morreu ao ser atingido por uma privada durante jogo Santa Cruz e Paraná Clube; novamente, os manifestantes declinaram da visita à Arena da Baixada.

Em Recife, no jogo realizado ontem entre Santa Cruz e Paraná Clube, um torcedor do Sport, Paulo Ricardo Gomes, que estava na torcida do time paranaense, foi morto ao ser atingido por uma privada idêntica à atirada hoje contra o Palácio 29 de Março (sede do executivo municipal).

 

O protesto começou às 17 horas na Boca Maldita, tradicional ponto de encontro do mundo político na capital paranaense, e saiu pelas ruas centrais até chegar à região dos três poderes (executivo, legislativo e judiciário).

 

O ataque à Prefeitura ocorreu por volta das 19h30 e a Guarda Municipal respondeu com tiros de balas de borracha. Dois manifestantes suspeitos do ato de vandalismo foram detidos.

 

Novamente, os Black Blocs resolveram não “tentar a sorte” na Arena da Baixa — estádio do Atlético Paranaense que sediará os jogos na Copa.

 

O protesto que reuniu cerca de 50 manifestantes contra a Fifa.

 

Fonte – Blog do Esmael

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias