SIGMUC ASSUME PAPEL DE DESTAQUE EM BRASÍLIA NA LUTA CONTRA A PEC 287/16

A Diretoria do Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal de Curitiba – SIGMUC, se fez representada em Brasília – DF, para apresentar os mais relevantes argumentos pertinentes à Reforma da Previdência (PEC 287/16) em relação aos interesses de toda categoria das Guardas Municipais do Brasil.

Agenda de Brasília – DF

A agenda do SIGMUC em Brasília visa ampliar o diálogo com a bancada paranaense, levando as preocupações dos guardas municipais do Estado por conta do relatório apresentado pelo Dep. Federal Arthur Maia – PPS/BH.

O Vice-Presidente do SIGMUC, Roberto José na companhia do Presidente do Sindicato dos Guardas Civis Metropolitanos de São Paulo – SINDGUARDAS-SP, Clóvis Roberto Pereira, percorreram os gabinetes dos deputados paranaenses fundamentados pelo conjunto de informações técnico-jurídicas que compreendem o tratamento isonômico das Guardas Municipais às demais dispensadas as forças de Segurança Pública no contexto da PEC.

Os deputados manifestaram apoio aos argumentos apresentados pelos diretores sindicais e se disseram solidários com a causa das Guardas Municipais.

O relatório apresentado dia 18/04 pelo relator da matéria, Dep. Arthur Maia, desconsiderou a realidade das Guardas Municipais no contexto da Segurança Pública, o que enseja o engajamento dos representantes no tema. “Quando é oportuno e necessário às Administrações, as Guardas são parte da Segurança Pública, mas quando é para benefício da categoria e garantir direitos, as Guardas estão fora da Segurança Pública.”, ataca o Diretor do SIGMUC.

Para o Diretor do SIGMUC, ficou claro que é mais do que necessário que as Guardas Municipais de todo Brasil necessitam de uma maior representatividade e presença no cenário federal. “É aqui, em Brasília, que as principais decisões que atingem as Guardas Municipais é construída, e a ausência de nossos representantes é o que reflete nas grandes distorções que prejudicam nossas Guardas”, enfatizou.

Assim o SIGMUC conquista destaque nacional na luta de defesa dos interesses de todos os Guardas Municipais do Brasil.

Demonstração de Força do Paraná

Os Guardas Municipais do Paraná, por iniciativa do Vice-Presidente do SIGMUC, e organização do GM Garcia da Guarda Municipal de Colombo, realizaram o levantamento de recursos financeiros junto aos guardas municipais de todo o Paraná para financiar a ida do Vice-Presidente do SIGMETRO, GM Kusch da Guarda Municipal de São José dos Pinhais, à Brasília – DF, que dando continuidade do trabalho realizado pelo SIGMUC, estivesse representando os interesses dos Guardas do Paraná na Câmara Federal.

Agradecimentos especiais aos companheiros de Curitiba, Paranaguá, Foz do Iguaçu, Umuarama, Matinhos, Toledo, Mauá da Serra, Londrina, Castro, Paranavaí, Campo Largo, Colombo e São José dos Pinhais, que se uniram por este objetivo.

Mais categorias na Luta!

Durante as visitas aos gabinetes, os diretores dos sindicatos se encontraram com outras categorias da Segurança Pública que também foram “escanteados” na Reforma da Previdência pelo relatório apresentado.

Estiverem reunidos com o SIGMUC os Agentes de Trânsito de Goiás, os Agentes Penitenciários e Policiais Legislativos.

Imagens:

brasilia 2brasilia 1

UPB – União das Polícias do Brasil

O SIGMUC também se fez presente na reunião da Diretoria Nacional da UPB, entidade formada por 29 instituições representativas de servidores da Segurança Pública.

O Diretor do SIGMUC apresentou o trabalho do sindicato nas ações públicas realizadas no Paraná e cobrou da Diretoria Nacional da UPB uma resposta oficial quanto à ausência de tratamento isonômico às Guardas Municipais dispensados às forças de Segurança Pública. “As Guardas Municipais nos seus respectivos Estados está realizando atos em defesa dos interesses de todas as instituições de Segurança Pública, mas exige que a UPB Nacional se manifeste em defesa das Guardas.” firmou o sindicalista.

Nota Técnica do SIGMUC é referência nacional.

A Nota Técnica do SIGMUC que reconhece a atividade diferenciada da Guarda Municipal perante a Administração Pública, publicada pelo Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, serviu de base para a obtenção da carta sindical do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado da Bahia (Estado com o maior número de Guardas Municipais).

Recentemente o Presidente do SINDGUARDAS – BH, Pedro de Oliveira, enviou um áudio de agradecimento ao SIGMUC pelo apoio técnico que culminou com a obtenção da carta sindical daquele Estado.

Paralisação do Dia 28/04

As entidades representantes da Segurança Pública realizará um ato em Brasília – DF contra a PEC 287/16 e conta com o apoio de todas as forças de Segurança. Atos simultâneos estão agendados em todos os Estados.

Em Curitiba, os servidores da Guarda Municipal estarão se manifestando em frente à Prefeitura, contra o Pacotaço do prefeito Rafael Greca e contra a PEC 287/16.

Todos os Sindicatos de Servidores de Curitiba aprovaram em assembleia conjunta, 24/04, pela paralização Geral.

SIGMUC – JUNTOS SOMOS FORTES!