SMDS RECONHECE “EQUÍVOCOS” NA MINUTA ENVIADA E NOVA ASSEMBLEIA DA CATEGORIA É MARCADA

SMDS RECONHECE  “EQUÍVOCOS” NA MINUTA ENVIADA E NOVA ASSEMBLEIA DA CATEGORIA É MARCADA

A categoria se reuniu na noite de ontem (17/09) para analisar o anteprojeto de minuta do estatuto da Guarda Municipal encaminhada pela Administração e deliberar sobre manifestações dos guardas municipais.

A categoria mostrou completa insatisfação com as alterações feitas pela Administração no texto original construído pela categoria, por intermédio do SIGMUC. E demonstrou estar disposta a ir pra Luta pela defesa de seus interesses.

A diretoria do sindicato fez o repasse do resultado da reunião convocada pela Secretaria Municipal da Defesa Social (SMDS) que ocorreu no inicio da tarde de ontem. Participaram desta reunião os representantes da SMDS, membros da diretoria do sindicato, o presidente e vice-presidente do SIGMUC, Gms Luiz Vecchi e Roberto José, Gm Rejane Soldani e guardas municipais da base, Gms Luiz Ilário e Isaias Gonçalves.

Nesta reunião a SMDS declarou que foi um equívoco por parte da Administração, incluir uma jornada de trabalho que sequer havia sido discutida em mesa de negociação, ou seja, a famigerada jornada ininterrupta de trabalho de 6 horas (5×2), que da forma como foi posta, iria impor diminuição de remuneração aos guardas municipais, bem como, perda da pecúnia (refeição), entre outros problemas. Questionados pelo sindicato, sobre quem seria o responsável por tal inclusão, os representantes da SMDS não responderam a pergunta.

Além do anúncio da retirada do texto da jornada de 6 horas, os representantes da SMDS ao serem questionados pelo sindicato, sobre qual seria a justificativa para as outras alterações realizadas, também não conseguiram formular respostas plausíveis.

O Superintendente da SMDS declarou em mesa, que o documento enviado para o sindicato encontrava-se, a partir daquele momento, suspenso. E que os pontos apresentados pelo sindicato seriam novamente discutidos. Desta forma, ficaram agendadas duas novas reuniões para analise, ponto a ponto, de todas as alterações feitas no texto original apresentado pela categoria, que deverão ocorrer nos dias 25 e 27 de setembro, terça e quinta feira respectivamente, na sede da SMDS.

A ata da reunião foi lida durante a Assembleia e os GMs que participaram da reunião, manifestaram suas impressões sobre as discussões realizadas durante o embate com a Administração. Clique aqui para ler.

Diante da manifestação da SMDS, os diretores do sindicato alertaram a categoria sobre a possibilidade do período eleitoral, estar influenciando o comportamento da Administração, e solicitou cautela e manutenção na mobilização da categoria.

A categoria deliberou que avaliará o conteúdo das discussões que ocorrerão na próxima semana, referente ao anteprojeto do Estatuto da Guarda Municipal, em nova Assembleia Geral que se realizará na próxima quinta-feira (27/09) no mesmo horário na sede do sindicato.  Nesta ocasião, diante do resultado que será apresentado por intermédio do sindicato, a categoria poderá deliberar com maior clareza, se será necessário ir pra rua para garantir seus interesses.

“Não podemos esquecer que os assuntos que estão sendo tratados na minuta do estatuto da Guarda Municipal, são fundamentais para a atuação dos guardas municipais no dia-a-dia da função”. “Lutar pela manutenção e inclusão de novos direitos e garantias é o foco do sindicato, mas devemos ficar atentos a estratégia da Administração, que primeiro inclui uma escala de 6 horas e depois afirma não saber quem incluiu tamanho despropósito no documento. E mais, que retira diversos direitos e garantias do texto original e declara não ter sequer justificativas para tais alterações. É FUNDAMENTAL MANTERMOS A MOBILIZAÇÃO PARA NÃO SERMOS SUPREENDIDOS COM NOVOS  “EQUÍVOCOS” por parte da atual gestão”, declarou a diretoria do SIGMUC.

 

SIGMUC – Juntos Somos Fortes!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.