União dos Policiais em prol da Aposentadoria Especial

União dos Policiais em prol da Aposentadoria Especial

A direção do SIGMUC reuniu-se  nesta manhã com representantes de sindicatos de entidades Policiais do Estado do Paraná.

Estiveram presentes na reunião que ocorreu na sede do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais – SINPRF, o presidente do SIGMUC, Luiz Vecchi, o presidente do SINPRF , Sidnei Nunes, o presidente do SINCLAPOL – Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná, André Gutierrez , o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Estado do Paraná, Francisco Carlos Breus, e demais diretores sindicais.

 

A reunião serviu para discussão e organização das ações a serem tomadas pelas  entidades que representam os trabalhadores da segurança pública do Estado do Paraná, no evento que ocorrerá no dia 08 de fevereiro em Brasília, em prol da Aposentadoria Especial dos Profissionais de Segurança Pública.

 

Neste dia, ocorrerá a luta Nacional em defesa da aposentadoria dos policias de todo o país e os guardas municipais não ficarão de fora de mais esta luta.

O direito a concessão da aposentadoria especial aos guardas municipais, é uma luta antiga de toda a categoria.

 

A diretoria do sindicato entende que, caso a reforma da previdência, promovida pelo atual governo, exclua ou limite este direito aos operadores da segurança pública que já usufruem do benefício, as chances de reconhecimento deste direito aos guardas municipais serão prejudicadas.

 

Assim, neste momento de ataque aos direitos dos trabalhadores, a união das classes de trabalhadores da segurança pública a nível nacional é fundamental.

 

LUTA PELA APOSENTADORIA ESPECIAL

 

 

No final do ano passado, o presidente do SIGMUC, GM Luiz Vecchi, participou de reunião em Brasília, com demais presidentes de entidades que representam os guardas municipais de outras regiões do país, para encaminharem pessoalmente ao Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, o apoio e empenho do atual governo para inclusão das guardas municipais no rol das forças policiais previstas no caput. do Art. 144 da Constituição Federal. Desta forma, a concessão da aposentadoria especial para os guardas municipais, seria prevista pelo disposto na Lei Federal nº 51/85, que alberga os servidores policiais de todos país.

 

“Este ano, a LUTA NÃO PARA! A direção do sindicato, juntamente com as demais entidades representativas de guardas municipais do país e dos demais órgãos da segurança pública, lutarão juntos pela defesa e pela concessão da aposentadoria especial para todos os profissionais da segurança pública”, disparou o presidente do SIGMUC, Luiz Vecchi.

 

DIRETORIA

SIGMUC

Comentários

  1. Zico
    Zico 23 janeiro, 2017, 16:56

    Sinto muito mas a guarda municipal nao e POLICIA, infelismente essa luta vai ser em vao , e melhor esquecer do que ficar batendo em ferro frio…

    Responder esse comentário
    • teac
      teac 24 janeiro, 2017, 08:43

      Ola, é melhor rever seus conceitos… já estão pelo menos uma década atrasado… a legitima policia é municipal… o PM… é um resquício da ditadura e tem seu anos contados…

      Responder esse comentário
    • Felipe
      Felipe 24 janeiro, 2017, 09:41

      Aposentadoria especial é para qualquer tipo de trabalho que exerça atividade de risco é independente de ser polícia ou não as atividades exercidas pelos guardas municipais são de alto risco

      Responder esse comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.