Viaturas da Guarda Municipal ficam paradas por falta de manutenção

A falta de manutenção em viaturas está causando prejuízo à Guarda Municipal de Curitiba e principalmente a população que necessita do serviço prestado, pois com menos viaturas rodando a tendência é que a demora no atendimento de ocorrências aumente.

Na capital, as viaturas do Grupo de Operações especiais da Guarda Municipal (GOE) estão paradas, encostadas na sede do grupo no parque Barigui. Apenas uma das três caminhonetes esta rodando e pra piorar a situação esta rodando de maneira precária causando perigo até  mesmo para os integrantes que fazem uso dela.

Na capital, as viaturas do Grupo de Operações especiais da Guarda Municipal (GOE) estão paradas, encostadas na sede do grupo no parque Barigui.

Na capital, as viaturas do Grupo de Operações especiais da Guarda Municipal (GOE) estão paradas, encostadas na sede do grupo no parque Barigui.

De acordo com o Presidente do sindicato Luiz Vecchi a falta de investimento da Prefeitura na Guarda Municipal é um descaso, pois quem sofre com isso além dos Guardas que trabalham com equipamentos ruins sem manutenção é a população, pois o serviço prestado pela guarda municipal é de suma importância tendo em vista que hoje vivemos na 6º Capital mais violenta do Brasil. É preciso garantir essa manutenção sob pena de parte da tropa parar. Afirma o Presidente.

Na Guarda Municipal de Curitiba, boa parte da frota é alugada. A Prefeitura paga para uma empresa terceirizada por mês por cada viatura.

Já os veículos adquiridos pela Prefeitura neste caso as Blazers, que possivelmente foram adquiridas por processo licitatório no modal pregão eletrônico, mostra a falta de planejamento na compra, pois não foram previstos além da manutenção das viaturas o seguro e ate mesmo a troca dos pneus gastos. não houve planejamento na compra.

Cadê a Guarda  Municipal padrão FIFA?

Quer saber mais leia clique aqui >>>>

Comentários

  1. guarda
    guarda 26 novembro, 2013, 20:17

    Mesmo sendo alugadas as viaturas estão um caco!!

    Bons tempos aqueles que nos cobravam um pisca queimado,hoje portas que não fecham limpador de para brisas de não funciona são corriqueiros problemas enfrentados no dia-a-dia de quem dirige às viaturas.

    Uma lástima virou o setor de transporte da guarda

    Responder esse comentário
  2. Guarda de Curitiba
    Guarda de Curitiba 28 novembro, 2013, 09:36

    É uma vergonha! Sem mais comentários.

    Responder esse comentário
  3. zeilto dalla villa
    zeilto dalla villa 29 novembro, 2013, 08:19

    ta vindo coisa boa ai.

    Responder esse comentário

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*