FUNDO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE CURITIBA, COMPLETA UM ANO SEM SAIR DO PAPEL!

FUNDO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE CURITIBA, COMPLETA UM ANO SEM SAIR DO PAPEL!

Há um ano, o Fundo Municipal de Segurança Pública de Curitiba – FUNSEP era criado em Curitiba (Lei Municipal nº 15.520/19), porém transcorridos exatos 12 meses a gestão Rafael Greca não conseguiu tirar o fundo do papel.

Com o objetivo de apoiar projetos na área de segurança pública e de prevenção à violência, a criação e ativação do FUNSEP é fundamental para que o Município consiga captar recursos junto ao Fundo Nacional de Segurança Pública apresentando projetos para o setor.

Os recursos do fundo também podem ser utilizados para reequipamento, treinamento e qualificação dos Guardas Municipais, entres outras funções de extrema relevância para a instituição e principalmente para a população curitibana.

No projeto da Lei Orçamentárias Anual para 2021, não consta o FUNSEP como fundo ativo, logo as denúncias que chegaram até o sindicato, dando conta, de que os gestores da Guarda Municipal estão “batendo cabeça” para colocar o fundo para funcionar, se confirmam. Veja abaixo, os fundos ativos:

 

Se a atual gestão não tem competência sequer para tratar da parte burocrática, quem dirá da prática. SE NÃO SABE FAZER…DEIXE QUE OS OUTROS FAÇAM!

QUEM PERDE COM ISSO, SOMOS TODOS NÓS!