You are currently viewing SIGMUC REALIZA MANIFESTAÇÃO EM FRENTE AO MINISTÉRIO PÚBLICO EM DEFESA DA VACINAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS

SIGMUC REALIZA MANIFESTAÇÃO EM FRENTE AO MINISTÉRIO PÚBLICO EM DEFESA DA VACINAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS

O SIGMUC realizou um ato em frente ao Ministério Público do Paraná como forma de protesto a ação proposta por este órgão e o Ministério Público Federal que visa suspender a vacinação dos profissionais da segurança pública.

Na ação os MPs desconsideraram o fato destes profissionais estarem atuando diretamente no combate à pandemia, e por estarem sujeitos a um elevado risco de contaminação, muitos destes profissionais já perderam suas vidas.

Em Curitiba, quase metade do efetivo já foi afastado por estarem contaminados (689), sendo que 6 já perderam suas vidas e outros se encontram hospitalizados em estado gravíssimo. “Quando a população denuncia aglomerações e festas clandestinas, quem é que vai realizar a fiscalização? O Ministério Público? Não, são os guardas!”

No Brasil já foram contabilizados a morte de 118 guardas municipais, centenas de outros com complicações pós contaminação e o número só aumenta. Por conta disso, o SIGMUC que é entidade filiada a FENAGUARDAS esteve em Brasília em reunião com o Ministério da Justiça cobrando a priorização destes profissionais no plano nacional de vacinação. “É inconcebível que os condenados pela justiça sejam priorizados e os policiais e guardas municipais não.”

Os diretores do SIGMUC se manterão em estado de alerta para toda e qualquer ação que vise prejuízos aos guardas municipais e não descarta a realização de novos protestos caso seja necessário. “Não vamos aceitar que a vida dos guardas municipais sejam relativizadas e a imunização é a única forma de termos tranquilidade em exercer nossa atividade junto à população.”

SIGMUC – JUNTOS PELA VIDA!