PMC TEM 72HS PARA EXPLICAR FORNECIMENTO DE COLETES BALÍSTICOS EM DESCONFORMIDADE COM PORTARIA DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Em ação judicial, ingressada pelo departamento jurídico do SIGMUC, para fornecimento de coletes balísticos dentro do nível de proteção mínima exigido para os operadores de segurança pública, a juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Curitiba, determinou a oitiva da Prefeitura no prazo de 72 horas.

O pedido do sindicato, é simples: que o Município de Curitiba na substituição dos atuais coletes balísticos nível IIA, deve substituí-los por coletes novos nível III-A, que possui o nível de proteção mínima adequada para proteção contra as ameaças enfrentadas pelos operadores de segurança pública, conforme dispõe a Portaria nº 281/2021do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Estamos na luta para que o Município, cumpra com seu dever, pois diminuir os riscos inerentes ao trabalho, é sua obrigação.

Acompanhe abaixo, despacho da juíza:

DESPACHO_COLETES

Acompanhe abaixo, o mandado:

MANDADO

SIGMUC, ATUANDO SEMPRE NA DEFESA DOS GUARDAS MUNICIPAIS!

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias