Prefeito poderá definir em quantas parcelas pagará Licenças Prêmio Vencidas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Dívida com os servidores se estende a mais de 5 anos.

Foi aprovado hoje, em primeiro turno, na 1ª sessão virtual da Câmara de Vereadores de Curitiba, projeto de lei nº 005.00030.2020 que autoriza a Prefeitura de Curitiba a reconhecer as dívidas vencidas decorrentes do não pagamento de licenças prêmio não fruída dos servidores.
Haverá preferência aos portadores de doença grave, conforme regulamentação a ser realizada pela Secretaria Municipal de Administração e de Gestão de Pessoal.
O projeto prevê que a prefeitura poderá fazer o pagamento nas modalidades de desconto administrativo ou parcelamento dos valores, porém não traz limite para o parcelamento.
Emenda ao projeto solicitando um limite máximo de 12(doze) meses para o parcelamento foi protocolado pela Vereadora Josete, porém a mesma foi derrubada pelos vereadores que integram a base do Prefeito Rafael Greca na Câmara.
Mais uma vez, a Gestão Greca trata com menosprezo os servidores públicos, mesmo em plena Pandemia de Coronavírus.
“Se deve, tem que pagar o quanto antes… grande parte dos aposentados esperam pelo pagamento a mais de 5 anos e agora dependerão da “boa vontade” da PMC em parcelar no menor número de parcelas possíveis”, protestaram os diretores do sindicato.
O projeto será votado em segundo turno amanhã (31/03) seguindo para sanção de Greca na sequência.

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias