SINDICATOS COBRAM MESA DE NEGOCIAÇÃO SOBRE DATA-BASE

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Entidades ainda querem explicações sobre o auxílio-transporte

Na tarde dessa terça-feira (4), as direções dos quatro sindicatos que representam o conjunto dos servidores municipais – Sismuc, Sismmac, Sigmuc e Sinfisco – protocolaram o ofício que cobra negociação da data-base da categoria.

O funcionalismo público de Curitiba está há mais de dois anos sem reajuste salarial. A inflação acumulada entre março de 2016 e julho de 2018 é de 9,16%. E a previsão do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) é de que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado chegue a quase 10% em 31 de outubro.

Falta pouco mais de um mês para a data-base, em 31 de outubro, e é hora de esquentar o clima de mobilização nos locais de trabalho e intensificar a pressão sobre a administração Greca.

Auxílio transporte

Além de cobrar da Prefeitura a negociação do reajuste que deve ser pago no contracheque de novembro, os sindicatos também querem discutir a tentativa de alteração na forma de pagamento do auxílio transporte. “É importante que os servidores não preencham o cadastro do e-social enquanto a Prefeitura não se reunir com os sindicatos para debater a mudança”, orientam as entidades.

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias