LIDERANÇAS SINDICAIS UNIDAS CONTRA AS MALDADES DO GOVERNO FEDERAL

LIDERANÇAS SINDICAIS UNIDAS CONTRA AS MALDADES DO GOVERNO FEDERAL

Nesta quarta-feira (23), o Sindicato participou da uma reunião com representantes a União dos Policiais do Brasil – UPB e integrantes da Central Sindical dos Servidores Públicos – PÚBLICA, na sede do SINPRF/PR, para discutir demandas atuais e urgentes que afetam a todos, com destaque para a Reforma da Previdência.

18058118_1393650907321957_1533051556626912568_n

Além do SIGMUC – Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal de Curitiba, Participaram do evento representantes dos Sindicatos e entidades componentes da UPB: Sindicato das Classes Policiais da Polícia Civil – SINCLAPOL, Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Paraná – SINPEF/PR, Associação dos Peritos Criminais Federais APCF/PR, Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná – SINDARSPEN, Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná – SINPOAPAR, Sindicato dos Servidores do Sistema Socioeducativo – SINDSEC/PR, além dos entes convidados: Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná – SINDAFEP e Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado do Paraná – SINDCONTAS/PR.

 

Foram debatidas estratégias de combate à PEC 287 e à famigerada Medida Provisória 805, que se refere ao adiamento do reajuste dos policiais da União e aumento da alíquota previdenciária, de 11% para 14%. Entre outras medidas que serão tomadas, foi definido que, a partir de segunda-feira, serão instalados outdoors para expor à população deputados que declaram seu voto a favor da PEC 287 – os quais serão taxados como TRAIDORES DO POVO. Os painéis serão colocados em pontos estratégicos, como a entrada do Aeroporto e bases eleitorais dos deputados. Serão 20 instalados em Curitiba, com a participação financeira de todas as entidades componentes da UPB e PÚBLICA.

23795195_1596935823660130_998705559102469267_n

Além disso, importante destacar que será contratada pela UPB e PÚBLICA empresa de propaganda para administrar, de forma técnica, além dos outdoors, a gestão das mídias sociais (Facebook, WhatsApp – vídeos virais), que serão utilizadas na batalha da Reforma da Previdência. O objetivo é levar, de forma profissional, às pessoas, as mentiras veiculadas pelo Governo Federal, além de defender os interesses das classes envolvidas, principalmente em relação ao iminente risco para a aposentadoria.

“As especificidades das atividades ligadas à segurança pública foram ignoradas pelo governo. O governo  fala em cortar privilégios, que corte a farra das emendas parlamentares para comprar votos no Congresso Nacional. Nós, operadores da segurança pública, em especial os guardas municipais, não temos privilégios, só temos deveres. Estamos na luta por uma aposentadoria diferenciada, em função do exercício da atividade voltada à segurança pública. Não queremos privilégios, apenas aquilo que é justo!, declarou ao final do encontro , o presidente do SIGMUC, GM Luiz Vecchi.

 

As entidades envolvidas estão vigilantes diuturnamente para a garantia dos direitos dos servidores envolvidos. A batalha não está ganha, mas luta e disposição não faltarão!

 

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios*