FALA CURITIBA: 90% DAS REGIONAIS QUEREM INVESTIMENTOS NA GUARDA MUNICIPAL E “PAVIMENTAÇÃO” ESTRANHAMENTE APARECE EM PRIMEIRO LUGAR.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

O Fala Curitiba 2020, programa de consulta pública prevista na Lei de Responsabilidade Fiscal, que visa receber sugestões da população para elaboração do orçamento da cidade para 2021, encerrou no último dia 30/07 e trouxe novamente a Guarda Municipal como um dos temas importantes para a sociedade curitibana.

Foram feitas 47.498 sugestões por 11.245 cidadãos que participaram de todo o processo.

Nove das dez regionais da Cidade, citam investimentos na Guarda Municipal como prioritários, somente na regional do Bairro Novo o tema não aparece entre as sugestões mais votadas.

A aquisição de novas viaturas e equipamentos e a ampliação dos Módulos da Guarda Municipal, foram as sugestões apontadas com maior destaque, porém na consulta deste ano, as sugestões já vinham previamente formatadas, não apresentando possibilidade de inclusão de novas sugestões, como: valorização dos guardas municipais, por exemplo.

“Estranhamente” este ano, o tema mais votado foi “pavimentação”, ISSO  justamente no período em que enfrentamos a maior Pandemia já vivida no século XXI?

Histórico de votações

Em 2019, o tema segurança foi campeão de sugestões, seguido por saúde e trânsito. Em 2018, novamente segurança foi o tema mais proposto, seguido de saúde e educação. Já em 2017, a Saúde ficou em primeiro lugar, com a segurança em segundo e educação, esporte e lazer em terceiro.

Conforme verificação, o tema “Pavimentação” sequer aparecia entre as três sugestões mais votadas.

Fonte: http://consultaspublicas.curitiba.pr.gov.br/

https://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/fala-curitiba-2020-chega-ao-fim-veja-as-prioridades-eleitas/56821

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias