REUNIÃO DA COMISSÃO DE SERVIÇO PÚBLICO DEBATE PROJETO DE AVALIAÇÃO FUNCIONAL

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Os sindicatos apresentaram aos vereadores da Comissão de Serviço Público em reunião extraordinária seus apontamentos quanto aos problemas que o projeto de lei que visa implementar uma nova sistemática de avaliação funcional.

Novamente, o SIGMUC apontou que o projeto está tramitando sem o devido diálogo com os servidores. “Ouvir a categoria e diferente de acatar os apontamentos. O projeto precisa amadurecer mais”, comentam os diretores do SIGMUC.

Outro ponto defendido pelo SIGMUC é a necessidade de valorização do servidor público no processo de avaliação, e que o congelamento dos planos trouxe grandes perdas, acarretando em um sistema de desvalorização da função pública.

Uma das preocupações é ausência da avaliação da chefia. “A avaliação não pode se tornar uma ferramenta de assédio, de pressão. Avaliar a chefia é também necessário para o aprimoramento do serviço público. “Os servidores já são avaliados, mas agora por decreto causa muita insegurança.”

O SIGMUC voltou a chamar a atenção pela dificuldade de se avaliar quantitativamente o serviço da Guarda Municipal. “Não é possível avaliar o serviço público na área de segurança pública pautada por metas, isso pode acarretar aos guardas municipais responsabilização por abuso de autoridade, o que causa grande preocupação na categoria”. Finalizam

Os vereadores compreenderam os anseios apresentados pelos representantes e realizaram a propositura de uma reunião presencial específica para que os sindicatos complementassem suas falas e apontamentos, o que poderá ocorrer já na próxima semana.

SIGMUC – JUNTOS SOMOS FORTES!

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias