Aprovado o PCCV da Guarda Municipal de Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou em primeira votação, e por unanimidade, o PCCV (Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos) da Guarda Municipal de Curitiba, em sessão plenária na manhã dessa terça-feira, 16/09. O PCCV foi desenvolvido pelo SIGMUC-Sindicato da Guarda Municipal de Curitiba (filiado à UGT) e apresentado à prefeitura curitibana em outubro de 2013. “Após longos debates, seminários e assembleias com a categoria, o SIGMUC apresentou esse PCCV ao departamento de Recursos Humanos da prefeitura. Tivemos várias divergências para o encaminhando dessa antiga reivindicação da guarda municipal, inclusive com o indicativo de uma greve caso a prefeitura não encaminhasse nossa proposta à Câmara. Mas, enfim, hoje os vereadores curitibanos aprovaram o PCCV, dando o devido reconhecimento a essa importante etapa na carreira da guarda municipal, e com a indicação dos vencimentos”, disse o presidente do SIGMUC, Luiz Vecchi.

 

O PCCV elaborado pelo SIGMUC foi apresentado à prefeitura em outubro de 2013, lembrou o presidente do sindicato, Luiz Vecchi
O PCCV elaborado pelo SIGMUC foi apresentado à prefeitura em outubro de 2013, lembrou o presidente do sindicato, Luiz Vecchi

O projeto inicial passou por várias comissões na Câmara, entre elas a de Legislação e Justiça, a de Economia e a de Segurança, e por fim recebeu 16 emendas. “O importante é que no conjunto do PCCV, essas emendas não alteraram nossa proposta inicial, disse a diretora Financeira do SIGMUC, Rejane Soldani. Ela lembrou ainda que para concluir a proposta apresentada à prefeitura o sindicato criou diversos grupos de trabalho. “A prefeitura recebeu um projeto pronto, com análises corporativas, sociais e econômicas que foram concluídas por pessoas altamente qualificadas e que endossaram nosso PCCV”, destacou Rejane.

 

 

Os guardas municipais de Curitiba festejaram a aprovação do PCCV
Os guardas municipais de Curitiba festejaram a aprovação do PCCV

Durante a aprovação do PCCV, as galerias do plenário da Câmara ficaram lotadas por guardas municipais e familiares que acompanharam atentamente a opinião dos vereadores. “A aprovação por unanimidade mostra o quanto o SIGMUC estava certo desde o início, criando um PCCV que atende os anseios de toda categoria, possibilitando um planejamento de carreira para quem ingressar no quadro da Guarda Municipal de Curitiba”, disse o diretor de Assuntos Sindicais do SIGMUC, Roberto Prebianca.

 

As galerias foram tomadas por guardas municipais e seus familiares
As galerias foram tomadas por guardas municipais e seus familiares

“A Guarda Municipal de Curitiba foi criada em julho de 1.986, mas só agora passa a ter seu devido PCCV. E isso aconteceu justamente pelo fato da guarda municipal ter agora um sindicato sério, combativo e comprometido com os anseios da categoria. Estão de parabéns os guardas municipais, os diretores do SIGMUC e os vereadores curitibanos”, disse o presidente da UGT-PARANÁ, Paulo Rossi.

O projeto será votado numa segunda sessão na Câmara, na manhã de quarta-feira, 17/09, seguindo o acordado da votação em dois turnos. Após essa segunda etapa, o projeto segue para sansão do prefeito municipal, em data ainda a ser confirmada.

 

Por Mario de Gomes
Em 16/09/2014
Fotos: MGS/UGT