COMISSÃO ESPECÍFICA DE ESTUDO PARA REVISÃO DO DECRETO 1.513/09 QUE REGULAMENTA OS UNIFORMES DA GUARDA MUNICIPAL INICIA SEUS TRABALHOS.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Na data do dia, 25/02/2015, em atendimento ao disposto na Portaria n° 10 da SMDS, foi aberto os trabalhos da Comissão Específica que irá revisar o Decreto 1.513/09, que regulamenta e disciplina o uso dos uniformes da Guarda Municipal de Curitiba.

 

A comissão se reunirá semanalmente para deliberar sobre possíveis alterações na composição dos uniformes, material de confecção, dos distintivos e insígnias, acessórios, entre outros temas.

 

O SIGMUC – Sindicato da Guarda Municipal participa da Comissão com seus Diretores, GM Roberto José (titular) e GM Prebianca (suplência).

 

O Diretor da Guarda Municipal, Inspetor Cubas, abriu os trabalhos da Comissão cumprimentando os presentes e salientando que é mais do que importante esta revisão, pois há uma necessidade de ajustar o uniforme a realidade que o guarda enfrenta no dia-a-dia.

 

O Diretor Vice-Presidente do SIGMUC, GM Roberto José, realizou vários apontamentos, alertando sobre a alteração do Decreto e criação de novos uniformes por meio de Portarias: “Tecnicamente, somente um novo Decreto poderá criar, modificar e extinguir as regras do Decreto anterior.” Também sugeriu o sindicalista que fosse dada ampla divulgação dos trabalhos para que os guardas municipais pudessem participar sugerindo modificações e dando ideias quanto a novos uniformes e acessórios: Temos que ouvir os guardas, pois são o alvo das principais mudanças, o uniforme precisa ser funcional e nada melhor do que ouvir de quem mais conhece as dificuldades do dia-a-dia.”

 

Houve a demonstração, pelo GM Voitechen, de uma peça de uniforme (gandola), cujo material está em sendo avaliado. Também foi apresentado uma camisa polo azul escuro, que poderá ser utilizada, caso aprovado, em baixo do colete, como atualmente é utilizado pelo GOE – GOC e GTM.

 

Salientou o Presidente da Comissão, Inspetor Gilberto, que o objetivo é padronizar o uniforme entre todos os guardas, independentemente da área de atuação. “O pulôver, que antes era previsto somente para os Supervisores e Inspetores, passará a compor o enxoval dos Guardas”, exemplificou o Inspetor.

 

Novas peças serão avaliadas, mas como obsevou o GM Roberto José, “tão importante quanto as mudanças é ter um orçamento previsto para que anualmente o guarda possa receber um enxoval completo. Precisamos de um uniforme de funcional, mas se não houver orçamento para a aquisição deste uniforme, o trabalho fica sem efeito prático”, salienta.

 

A GM Eliane Hirt alertou para a utilização do mesmo uniforme a ano todo, “no Verão é muito quente, e no Inverno é muito frio”, se referindo ao material. Também levantou a questão dos componentes do tecido, onde em situação de sinistro, o uniforme pode causar danos à saúde do servidor.

 

A Comissão terá 90 dias para concluir os trabalhos e emitir um relatório final com todas as sugestões. O SIGMUC incentiva os servidores a colaborarem com a construção do Decreto de Uniformes da Guarda Municipal.

 

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias