MÓDULO DA GM NA UPA DO BOQUEIRÃO É ALVEJADO POR DIVERSOS TIROS

Na madrugada desta terça-feira, 06/11, por volta da 01h15m, o módulo da Guarda Municipal que fica dentro da UPA do Boqueirão, foi atacado a tiros. Felizmente os guardas que atuam no posto de serviço estavam em ronda em outra parte do equipamento público e não ficaram feridos.

Cabe ressaltar que diretores do SIGMUC estiveram pessoalmente no UPA Boqueirão nesta manhã, onde puderam ver as perfurações dos projeteis nas diversas salas daquela unidade.

Aparentemente os disparos foram efetuados da parte externa da UPA, transfixando tanto a porta, quanto a janela do módulo da GMC, que foram projetadas, e aceitas pela administração, totalmente em vidro. Após atravessar mais duas paredes de Dry-wall, os projeteis se alojaram na sala destinada à Pediatria, onde é realizada a triagem de crianças que buscam atendimento na UPA.

Embora os disparos tenham ocorrido na madrugada, nesta manhã o alto comando da GMC ainda não tinha sido informado do incidente. Quando procurado pela direção do SIGMUC, o chefe do núcleo da SMDS-BQ não foi encontrado.

Segundo o diretor de Assuntos Sindicais do SIGMUC, GM Roberto Prebianca, a situação é fruto do descaso: “- primeiro não projetaram uma sala adequada para o uso da GMC, e cabe perguntar o que a chefia fez para resolver os problemas de segurança deste local; e depois não compareceram ao local para verificar o que deve ser feito para resolver as irregularidades deste posto de trabalho”.

Segundos informações colhidas no local, à secretaria municipal de saúde não quis se manifestar sobre o incidente.

 UPA FECHADA HÁ QUATRO MESES.

A Unidade de Pronto Atendimento do Boqueirão esta fechada há quatro meses para reforma (pintura). Os funcionários da UPA são remanejados para outras Unidades para cobrir a falta de servidores, o que cria um rodízio de funcionários. Para mascarar o problema, as UPA’s são fechadas para obras, que nada mais são que pinturas de paredes.

Em mais uma prova de descaso da administração Fruet, não há uma placa sequer informando sobre o fechamento da UPA, prazo de duração da obra, data de reabertura e, principalmente: PARA ONDE OS USUARIOS DEVEM SE DIRIGIR EM BUSCA DE ATENDIMENTO!

Diretoria SIGMUC, juntos somos fortes!