Rua Presidente Faria, 51, conj. 801, 8º andar

Atendimento: Seg - Sex: 08:00 às 18:00h

Invalid Api key.Please enter a valid Api key.
Rua Presidente Faria, 51,
Conj. 801 – 8º Andar
Centro – Curitiba/PR
CEP: 80020-290
Tel: (41) 3264-5062

A diretoria do sindicato foi cobrar os compromissos firmados junto a categoria, em reunião na Secretaria de Governo – SGM e posteriormente na sede da Secretaria da Defesa Social – SMDS, nesta tarde (25/11), referente ao pagamento das 12 horas extraordinárias da escala de trabalho correspondente ao período de 26/09 a 25/10, que deveria ser paga este mês e que conforme divulgação do contracheque realizada hoje, pela SMRH, não foi lançada.

 

Na SMDS, o Superintendente Drº Antonio Hanauer e o Diretor da Guarda Municipal Inspetor Vanderson Cubas, informaram que conforme encaminhamento da SMRH, estas horas serão pagas retroativamente no pagamento de dezembro.

 

O sindicato protestou pelo pagamento imediato em folha suplementar, uma vez que desde a alteração da escala de trabalho, vem cobrando a Administração sobre a necessidade do pagamento destas horas, e a falta desta previsão no contracheque disponibilizado este mês, prova mais uma vez, o descaso e o descomprometimento  da SMRH com os pontos firmados em mesa de negociação.

 

Na oportunidade foi apresentado pela SMDS, uma proposta de mudança do CRONOGRAMA DE AVANÇO POR TITULAÇÃO, pois o cronograma apresentado anteriormente, não vem sendo cumprido pela SMRH. Clique aqui e visualize o cronograma “original”.

 

No documento, todas as datas previstas para o Avanço por titulação foram alteradas pela SMRH, jogando a data de pagamento do avanço por titulação para julho de 2016, o que no entendimento da diretoria do sindicato é inaceitável além de demonstrar falta de respeito com a categoria.

 

Veja o comparativo entre o cronograma apresentado na ocasião da greve da categoria e o novo cronograma enviado pela SMRH:

proposta smrh

 

“Isto é uma ofensa aos guardas municipais. A lei 14.522 é de 2014, estamos em 2015 e a SMRH quer pagar o avanço dos títulos em agosto de 2016, isso é uma brincadeira de mau gosto, uma vergonha,” desabafou o presidente do SIGMUC, durante a reunião.

 

Diante dos protestos dos diretores do sindicato, o Superintendente da SMDS, solicitou o envio de uma contraproposta ao cronograma enviado pela SMRH.

 

O sindicato defendeu que o cronograma apresentado inicialmente deve ser cumprido, nem que publicações ocorram retroativamente, porém diante da intransigência da atual Administração e a urgência em retomar a implantação do avanço por titulação, o sindicato defende que os prazos de duração de cada etapa sejam diminuídos drasticamente pra que o pagamento do avanço ocorra no início do ano.

 

Veja aqui a sugestão do sindicato:

proposta sigmuc

A diretoria do sindicato, conclama toda a categoria para assembleia geral extraordinária que será convocada para os próximos dias afim de deliberar sobre os prejuízos que a categoria vem vem sofrendo por parte da atual gestão e não descarta a possibilidade de radicalização e novas paralisações com foco na denúncia dos ataques orquestrados pela Secretaria Municipal de Recursos Humanos.

 

Diretoria SIGMUC. JUNTOS SOMOS FORTES!

 

Digitalizar0001

Digitalizar0002

Digitalizar0003