SIGMUC PROTOCOLA SUGESTÃO DE LEI, CRIANDO TESTE TOXICOLÓGICO OBRIGATÓRIO PARA VEREADOR E ASSESSORES EM CURITIBA

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on print

Em observância aos princípios constitucionais da moralidade e da probidade administrativa, em nome da transparência, da lisura, da ética e, acima de tudo, em respeito à população curitibana, o SIGMUC, protocolou na data de hoje (17/06) sugestão de projeto de lei que: DISPÕE SOBRE A OBRIGATORIEDADE DOS VEREADORES E ASSESSORES DE RELAÇÕES PARLAMENTARES DO QUADRO PERMANENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DO MUNICÍPIO SE SUBMETEREM, SEMESTRALMENTE, A REGULAR EXAME TOXICOLÓGICO DE NATUREZA PÚBLICA.

A iniciativa não é novidade, outras casas legislativas já promoveram a análise de tal proposição.

Inclusive já tramita no congresso Nacional, várias proposições semelhantes, impondo a realização de exame toxicológico para detecção de substancias ilícitas obrigatória entre os parlamentares, afinal, pessoas que exercem tamanho poder como a criação de leis que regem toda a sociedade, devem encontrar-se sob condições normais de lucidez.

“Esperamos que os vereadores analisem a sugestão, que ela se torne proposta e que seja aprovada, declararam os diretores do sindicato.

Projeto_de_lei

SIGMUC, Juntos Somos Fortes!

COMPARTILHE

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Share on print
Print

FILIE-SE AO SIGMUC

INFORMATIVO SOBRE A PEC 32/2020

DENUNCIE IRREGULARIDADES

FACEBOOK

Outras Notícias